google-site-verification: google0decf4d5dff2e927.html www.jornaldealvorada.com
 

Dezembro terá chuva de meteoros, eclipse solar e lançamento da Nasa

Último mês do ano tem fenômenos astronômicos que valem ser acompanhados e que podem até serem visto do Brasil.

Lançamento de foguete pela Nasa | Foto: Bill Ingalls / NASA / AFP / CP


O último mês do ano chegou — e, com ele, uma série de eventos astronômicos que marcarão os 31 dias restantes de 2021. Desde o único eclipse solar total do ano até o lançamento do telescópio James Webb, separou o que não pode ficar de fora da agenda dos amantes do espaço.

Já no próximo sábado (4), ocorrerá o único eclipse solar total do ano. Segundo a Nasa, a agência espacial norte-americana, o fenômeno será visto em sua totalidade apenas na Antártica, mas pessoas de alguns lugares do Hemisfério Sul também poderão observá-lo. Um eclipse solar ocorre quando a Lua passa entre o Sol e a Terra e faz uma sombra sobre o nosso planeta, bloqueando total ou parcialmente a luz solar em algumas áreas do planeta

Nos dias 13 e 14, será o pico da chuva de meteoros Geminídeas, considerada pela Nasa uma das melhores e mais marcantes do ano — nas condições ideais, será possível visualizar até 120 meteoros por hora. Brasileiros poderão observar o fenômeno, embora ele seja mais visível do Hemisfério Norte. Acredita-se que a Geminídeas seja originária dos fragmentos do asteroide 3200 Faetonte, que passou "raspando" pela Terra em novembro de 2017.

Cerca de uma semana depois do pico da Geminídeas, no dia 21, ocorre, o solstício de verão, no hemisfério sul, que marca o início da estação mais quente do ano por aqui, já no hemisfério norte ocorre o solstício de inverno.

 
Jornal de Alvorada