google-site-verification: google0decf4d5dff2e927.html www.jornaldealvorada.com
 

Hospital Moinhos de Vento oferece exames gratuitos para diagnóstico de sífilis, HIV e hepatite

Projeto SIM do Hospital Moinhos de Vento estará na Usina do Gasômetro neste final de semana.

Iniciativa em parceria com o Ministério da Saúde vai coletar dados e monitorar estratégias de tratamento e combate à sífilis.


Com o propósito de identificar os principais fatores associados ao aumento de casos da sífilis, o Hospital Moinhos de Vento realiza nova ação do Projeto SIM, nos dias 11 e 12 de novembro, na Usina do Gasômetro. A unidade móvel onde serão realizados exames gratuitos para o diagnóstico de sífilis, HIV e hepatite funcionará das 9h às 17h.

Quem aceitar participar do projeto recebe o resultado na hora — e os que testam positivo para sífilis são incluídos no protocolo e encaminhados para monitoramento e tratamento, recebendo já a primeira dose da medicação no local.

A pesquisa, realizada em parceria com o Ministério da Saúde através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), está fazendo a coleta de informações baseadas em dois enfoques: diagnóstico e monitoramento do tratamento. Na primeira etapa, o objetivo é estimar a proporção de casos não diagnosticados na população e avaliar estratégias para ampliação dos exames. Na etapa de monitoramento, o foco é identificar lacunas no tratamento usual no SUS e avaliar a efetividade de diferentes estratégias de enfrentamento da doença.

A capital gaúcha possui uma das maiores taxas de detecção de sífilis do Brasil — 166 contaminados para cada grupo de 100 mil habitantes — e os maiores índices de sífilis congênita no país.


Tecnologia aliada contra a sífilis

Além da estrutura da unidade móvel, o projeto SIM conta com uma novidade tecnológica para aumentar a adesão ao tratamento: um aplicativo de celular com informações essenciais sobre o paciente e esclarecimentos das principais dúvidas sobre a doença. Assim, foi possível dividir os pacientes com resultado positivo em três grupos de acompanhamento: pelo aplicativo de celular, por contato telefônico e pelo protocolo atual, que é a indicação do tratamento com orientação de retorno para novas doses de medicação e monitoramento nas unidades de saúde.

O aplicativo SIM! pode ser baixado na Google Play Store. Em breve também estará disponível para download no sistema iOS.

Crédito das fotos: Leonardo Lenskij

Foto 2219: Unidade móvel com equipes do Projeto SIM estará na Usina do Gasômetro, das 9h às 17h.

 
Jornal de Alvorada