google-site-verification: google0decf4d5dff2e927.html www.jornaldealvorada.com
top of page

Modelista, pai de 2 filhos e casado há 20 anos: quem era o dono da academia assassinado em Alvorada

Crime aconteceu na noite de quarta-feira (24). "Não tem explicação. Não consigo nem assimilar como vai ser daqui para frente", conta a esposa.

Oseias da Rocha junto da família. Ele foi assassinato dentro da academia da qual era dono. — Foto: Arquivo pessoal .


A família de Oseias da Rocha, assassinado a tiros aos 37 anos dentro da academiada qual era proprietário em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, não consegue entender o que pode ter levado alguém a cometer esse crime.

Oseias nasceu em Santa Rosa, no Noroeste do estado. Teve origem humilde e, ainda adolescente, mudou-se para Igrejinha, a 95 km de Porto Alegre, em busca de oportunidades de trabalho. Na cidade, exerceu a função de modelista de calçados – profissional que faz os moldes usados na produção calçadista – e prestou serviços para diferentes empresas. Aprendeu o ofício fazendo, segundo a esposa.

Foi no município que conheceu a esposa, Cassiane, com quem estava casado há cerca de 20 anos e teve dois filhos: Rhaica, de 16 anos, e Miguel, de 6.

Uma mudança no mercado de trabalho em que atuava e uma oportunidade de negócio fez com que empreendesse e abrisse uma academia de ginástica junto com a esposa.

"Ele sempre desenhou muito bem, foi modelista de calçados para empresas, mas a moda vai e volta. Ele batalhou muito, cresceu na vida, surgiu essa possibilidade [de abrir a academia] e nós fomos", conta Cassiane.

Na academia, Cassiane conta que ela e Oseias tentavam fazer com que o ambiente fosse de amizade e companheirismo, seja com os funcionários ou com os alunos. Tanto é que era comum que, lembrando das suas origens humildes, eles ajudassem e aconselhassem quem precisasse.

Oseias foi assassinado a tiros dentro da academia da qual era proprietário por volta das 22h de quarta-feira (25). O local fica na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Bela Vista.

Imagens de câmeras de segurança do estabelecimento comercial registraram o crime. O vídeo mostra um homem encapuzado e armado com uma arma de fogo invadindo o local e atirando diversas vezes contra ele, que estava no balcão de recepção da academia. Depois, o homem foge sem levar nada. Oseias morreu no local.

Uma aluna que estava treinando na academia também foi atingida e ficou ferida. Ela recebeu atendimento em um hospital da região e não corre risco de morrer.

O delegado Edimar Machado de Souza, responsável pela investigação, conta que testemunhas vão começar a ser ouvidas a partir desta sexta-feira (27), incluindo a esposa de Oseias, Cassiane.

Até a última atualização dessa reportagem, o suspeito do crime não havia sido identificado. Há suspeita de que dívidas possam motivado o crime, pois a Polícia Civil obteve informações de que Oseias teria sido sofrido ameaças por esse motivo.

Comentários


bottom of page
Jornal de Alvorada