google-site-verification: google0decf4d5dff2e927.html www.jornaldealvorada.com
 

MP denuncia agressores de comerciante em Alvorada por lesão corporal seguida de morte


O Ministério Público em Alvorada denunciou nessa quinta-feira dois homens pela morte do vendedor de lanches Wagner de Oliveira Lovato, 40 anos, ocorrida em 2 de outubro deste ano, na cidade. O fato aconteceu após discussão em frente a um açougue devido ao preço da carne. Luciano Monteiro, gerente do açougue, que estava de folga, e seu amigo Luciano Ribeiro foram denunciados, ontem, por lesão corporal seguida de morte, mesmo entendimento da Polícia Civil.

A autora da denúncia foi a promotora de Justiça Karinna Licht Orlandi, após ter sido declinada a competência da Vara dos Crimes Dolosos contra Vida em razão da compreensão de que os elementos de prova não apontavam que os autores agiram com intenção de matar.

No processo, a promotora relata que os três iniciaram uma discussão quando Lovato deixava o estabelecimento comercial. Primeiro, a vítima foi empurrada, golpeada por dois socos e caiu, batendo a cabeça no chão.

O vendedor de lanches foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre em razão do ferimento. A necropsia, de acordo com a Polícia Civil, apontou como causa da morte traumatismo cranioencefálico.




Parceiros do Jornal de Alvorada:


 
Jornal de Alvorada